Prisão preventiva para suspeito de violência doméstica em Ponta Delgada

Violência doméstica: Detidas 177 pessoas desde janeiro na Grande Lisboa
PUB
Leaderboard - Pub CTT Western Union

Vítima teve de ser internada e alvo de cirurgia.

Em comunicado, o Comando Regional dos Açores da PSP esclarece que a mulher sofreu “agressões graves”, na noite de Natal, “no interior de uma viatura na zona da freguesia da Relva”, concelho de Ponta Delgada, ilha de São Miguel.

As agressões, alegadamente levadas a cabo pelo suspeito, “levaram ao internamento da vítima e à sua transferência para Unidade Hospitalar em Lisboa, onde foi submetida a intervenção maxilofacial”, acrescenta a PSP.

A PSP refere que o alegado crime de violência doméstica ocorreu “na noite de 24 para 25 de dezembro de 2021″ e que o homem foi detido a 30 de dezembro, na freguesia dos Arrifes, no concelho de Ponta Delgada.

Durante a investigação realizada, em parte com recurso à Secção de Polícia Técnica Forense do Comando Regional dos Açores, a PSP diz ter sido possível reunir dados que apontam “para vários atos de violência física praticados contra a vítima durante a relação conjugal que têm mantido”.

O arguido foi sujeito a primeiro interrogatório judicial, sendo-lhe aplicada “a medida de coação de prisão preventiva”, informa a PSP.

O Comando Regional dos Açores relembra que “a taxa significativa relativa ao crime de violência doméstica em todo o território nacional e, muito particularmente, na Região Autónoma dos Açores, levou à criação e reforço de Equipas Especializadas na PSP” para “garantir maior eficiência e eficácia na prevenção e investigação do fenómeno”.