Proteção Civil: 171 incêndios registados até às 19:00

Incêndios: Fogo na serra da Estrela mantém-se 90% dominado
LUSA

Mais de 2600 operacionais no terreno no combate aos fogos em curso. Ocorrências em Pombal, Leira, Faro, em Palmela, Guarda e Aveiro são as que mais preocupam.

Cerca de 27 incêndios estão atualmente ativos em Portugal Continental com o comandante André Fernandes da Proteção Civil a destacar as ocorrências de Pombal com 450 operacionais empenhados, Leiria com cerca de 371 operacionais no terreno, Faro com 324, Palmela com 460 operacionais envolvidos e ainda Seia, com 186 e Oliveira de Azeméis com 224.

Os “distritos da zona Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, incluindo Setúbal”, são por isso os mais afetados, de acordo com o último balanço.

De acordo com o último balanço da Proteção Civil, desde o início dos incêndios registaram-se 135 feridos, 70 dos quais bombeiros. Dois são feridos graves, sendo um operacional e outro civil.

O IC8 e a estrada nacional (EN) 10 são, neste momento, as únicas vias com troços cortados.

Centenas de pessoas tiveram de ser retiradas de várias localidades, números que, de acordo com o comandante, estão a ser atualizados. Ainda assim, André Fernandes destaca o comportamento da população “que tem acatado bem as decisões de evacuação”, falando de um comportamento “exemplar”.

A proteção civil destacou o período entre as 12:00 e as 17:00 como sendo o mais propício ao deflagrar das chamadas, tem em conta o número de ignições registadas durante nesse horário.