fbpx
Select Page
Portugal

PSP inicia fiscalização ao uso do telemóvel ao volante

A PSP iniciou hoje a operação “Phone Off”, com o intuito de sensibilizar os condutores para a não utilização do telemóvel durante a condução como forma de diminuir os riscos de acidentes.

6 Maio, 2019 - 14:38

Record TV

A operação “Phone Off”, levada a cabo pela polícia de Segurança Pública (PSP), tem como objetivo prevenir e dissuadir comportamentos de risco, revelou hoje aquela força de segurança.

A PSP justifica a operação com os elevados níveis de sinistralidade rodoviária, salientando que a ação pretende “prevenir e dissuadir os comportamentos de risco que, de forma decisiva, contribuem para a ocorrência de acidentes rodoviários”, pode ler-se numa nota enviada às redações.

De acordo com os dados revelados pela PSP, nos primeiros quatro meses do ano foram registados 4998 acidentes que tiraram a vida a 53 pessoas, 231 feridos graves e 5888 feridos ligeiros. A engrossar o número de vítimas mortais está o acidente de um autocarro na Madeira, ocorrido a 17 de abril, que vitimou 29 pessoas.

A PSP lembra que o Código da Estrada proíbe a utilização e manuseamento de telemóveis durante a condução ou marcha do veículo, “com exceção dos aparelhos dotados de um único auricular ou de microfone com sistema de alta voz”.

Estudos comprovam que o uso de ferramentas digitais ao volante aumentam drasticamente o risco de acidentes rodoviários e que “manter uma conversa telefónica durante a condução possui efeitos tão nocivos como conduzir sob influência de álcool”.

Posto isto, até ao próximo dia 12 de maio a PSP vai estar com uma atenção redobrada à utilização de telemóveis ao volante como forma de “promover a adoção de comportamentos seguros por parte dos condutores e a segurança rodoviária de todos os utentes da via”.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa