fbpx
Select Page
Portugal

Quatro crianças desaparecem por dia em Portugal

Só no primeiro semestre deste ano, a Polícia Judiciária registou 700 casos de menores desaparecidos.

7 Setembro, 2019 - 09:00

Patrícia de Freitas

Por cada seis horas, desaparece um menor em Portugal.

Com base no número de casos registados pelas forças policiais ao longo da última década, anualmente há, em média, 1.400 crianças e jovens desaparecidos.

Este ano o cenário não deverá ser muito diferente porque, desde 1 de janeiro até 30 de junho, a Polícia Judiciária contou cerca de 700 desaparecimentos de menores.

De acordo com o Jornal de Notícias, a maioria dos casos diz respeito a adolescentes que fogem de instituições de acolhimento ou de casa, após conflitos com os pais, situações essas que ocorrem sobretudo na faixa etária dos 12 aos 17 anos.

Muitas das vezes, estes desaparecimentos são feitos de forma voluntária pelo menor, mas as autoridades são obrigadas a desencadear um processo de localização.

Felizmente, na maioria das situações, as crianças e jovens desaparecidos acabam por ser encontrados poucas horas depois do alerta e são poucos os desaparecimentos relacionados com rapto ou abuso sexual de menores.

Mas se há histórias que têm finais mais felizes, também há outras que continuam a intrigar as famílias, as autoridades e os portugueses.

Rui Pedro desapareceu em Lousada em março de 1998. 21 anos depois, não há qualquer pistas do paradeiro.

Outro dos casos mais mediáticos é o de Madeleine McCann. A menina desapareceu há 12 anos na praia da Luz, no Algarve. Apesar dos mais de 13 milhões de euros investidos na investigação, não se sabe o que realmente aconteceu à menina britânica.

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa