Quatro incêndios mobilizam milhares de operacionais

Incêndios: Mais de 2.400 bombeiros combatem fogos ativos
Lusa/ Miguel Pereira da Silva

Incêndios nos distritos da Guarda, Bragança, Aveiro e Santarém são os mais preocupantes nesta altura. Cerca de 1300 operacionais estão no combate às chamas.

O incêndio com mais tempo é aquele que lavra em Sever do Vouga, que chegou a aproximar-se de habitações. Segundo informações do site da Proteção Civil, 388 operacionais estavam no local apoiados por 120 viaturas e três meios aéreos. Por esta altura os bombeiros dão o incêndio quase como dominado, permanecendo, no entanto, controlado por um forte dispositivo.

Já o incêndio que deflagrou ontem às 16h37 em Cumeada, no concelho de Ourém, Santarém, mobiliza por esta altura 457 operacionais, 136 viaturas e cinco meios aéreos. O fogo já fez três feridos e continua a aproximar-se de três aldeias.

Na Guarda, um incêndio na localidade Benespera mobiliza 272 operacionais apoiados por 84 meios terrestres. Em Bragança, na localidade de Marzagão em Carrazeda de Ansiães, um incêndio numa zona de mato que deflagrou ontem conta com 216 operacionais, 68 viaturas e cinco meios aéreos.