Receitas do turismo cresceram 5% em março

Portugal é o 4º país do mundo com mais novos casos diários
Mylo Kaye Pexels.com

Em comparação com as geradas no mesmo mês de 2019.

“Fechamos março de 2022 com uma taxa de crescimento de cerca de 5% relativamente às receitas turísticas que observamos em março de 2019 [antes da pandemia]. Estamos, de facto, a viver um período de retoma, pujante”, afirmou a secretária de Estado do Turismo.

Rita Marques, que falava junto à antiga estação ferroviária de Ganfei, em Valença, no distrito de Viana do Castelo, durante a apresentação da segunda fase dos concursos para atribuição dos direitos de exploração sobre imóveis do domínio público ferroviário, disse ter sido ultrapassada, em março, a receita turística de março de 2019”, sem especificar valores.

“Esperamos que esta boa dinâmica continue até final do ano para que o ano de 2022 feche mais ou menos em linha com a receita turística de 2019, na ordem dos 19 mil milhões de euros”, referiu, destacando que para aquele “recorde de receitas” contribuíram “130 mil empresas e mais de 400 trabalhadores” do setor.

A governante disse que aqueles números “não são fruto de um acaso”, mas que resultaram “de uma estratégia turística bem concertada, iniciada em 2017”, considerando que “essa coerência da política pública tem de continuar”.

“Nada foi fruto do acaso. Se é verdade que a economia precisa do turismo, mas o turismo tem de fazer o seu papel”, observou.