Rendeiro encontrado morto na prisão

Audiência de João Rendeiro adiada
LUSA

Circunstâncias da morte do ex-banqueiro encontram-se ainda por apurar.

João Rendeiro foi encontrado morto na cela na prisão de Westville, em Durban, na África do Sul. 

O Ministério Público de Durban disse à advogada que o ex-banqueiro, de 69 anos, se enforcou na cela.

As autoridades estão a investigar as circunstâncias da morte.

Rendeiro seria hoje novamente presente a tribunal.

Recorde-se que João Rendeiro foi detido a 11 de dezembro do ano passado, depois de ter fugido de Portugal para a África do Sul para não cumprir pena no processo BPP.

Rendeiro estava preso há seis meses naquele país, enquanto decorria o pedido de extradição para Portugal.

O colapso do BPP, em 2010, lesou milhares de clientes e causou perdas de centenas de milhões de euros ao Estado.

O processo extingue-se em relação a João Rendeiro, mas não em relação à mulher no que respeita ao processo civil de património.

Mulher continua em prisão domiciliária 

Em prisão domiciliária desde novembro, a mulher de João Rendeiro vai ficar mais três meses na Quinta Patiño, em Cascais.

O Ministério Público sustenta que se mantém o perigo de fuga.

Maria de Jesus Rendeiro está a ser investigada num processo relacionado com desaparecimento das obras de arte arrestadas pela Justiça ao marido, no âmbito do caso BPP, e suspeitas de branqueamento de capitais que envolvem o casal e a família de Florêncio de Almeida.