Rui Rio: “Voto útil à esquerda foi esmagador”

Aeroporto: Rio acusa Costa de “falta de coragem” e aguarda “curioso” pelo que dirá Marcelo

Líder do Partido Social-Democrata reage aos resultados das eleições Legislativas.

Rui Rio foi o terceiro líder partidário a reagir aos resultados desta noite.

O candidato do PSD começou o seu discurso a saudar todos os portugueses que se dirigiram às urnas e votaram no partido, assumindo a derrota.

“Ficámos com o resultado eleitoral substancialmente abaixo daquilo que pensávamos que íamos ter, mas fizemos o nosso orçamento de campanha de tal forma, que mesmo com este resultado, não vamos ter qualquer défice, qualquer dívida por culpa desta campanha eleitoral”.

Considerando que “António Costa é o vencedor desta noite”, Rui Rio prosseguiu que o resultado destas eleições está muito abaixo do que era pretendido.

“Está muito longe daquilo que entendíamos que íamos ter, mas se agora houvesse outra campanha, eu não tinha forma de dizer coisa diferente do que aquela em que acreditamos. Houve um voto útil à Esquerda absolutamente esmagador e à Direita isso não aconteceu. Não houve a mesma união em torno do PSD para evitar que António Costa continuasse”, destacou. 

No final do se discurso, Rui Rio admitiu ainda deixar a liderança do PSD caso se confirme uma maioria absoluta do PS.

“Se se confirmar que o PS tem uma maioria absoluta, eu sinceramente não estou a ver como é que posso ser útil neste enquadramento. Sou o primeiro a dizer que estando numa perspetiva de serviço, que é sempre como eu estive, eu não consigo argumentar como posso ser útil ao partido. Só se alguém argumentar, eu não consigo, neste momento, havendo quatro anos de maioria absoluta“, concluiu.