Sala de partos do Hospital de Santa Maria totalmente ocupada

Urgência de obstetrícia do Hospital de Braga volta a encerrar
Pexels/ Jonathan-borba

Centro Hospitalar Lisboa Norte diz que situação é “circunstancial” e que acontece várias vezes.

A sala de partos do Hospital de Santa Maria estava com as camas totalmente ocupadas às 17:00 de hoje.

“Circunstancialmente, a sala de partos está cheia. Temos todas as camas da sala de partos ocupadas”, adiantou a mesma fonte à agência Lusa, ao avançar que o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) foi informado para fazer a gestão em rede das grávidas.

Adiantou ainda não poder ser feito um “nexo causal” entre a ocupação do bloco de partos que se verificou na tarde de hoje no Hospital de Santa Maria e os constrangimentos que se registam noutros hospitais e maternidades por falta de especialistas.

Quanto ao serviço de urgência do Hospital de Santa Maria, assegurou que está a funcionar com equipas escaladas e com médicos necessários.

Na segunda-feira, a ministra da Saúde, Marta Temido, anunciou que vai ser posto em prática “um plano de contingência” entre junho e setembro para procurar resolver a falta de médicos nas urgências hospitalares do país.

Marta Temido falava após um dia de reuniões com diretores clínicos de vários hospitais da região de Lisboa, e depois com sindicatos e a Ordem dos Médicos sobre a “instabilidade do funcionamento” destes serviços.

A falta de médicos em vários hospitais do país tem levado nos últimos dias ao encerramento de urgências de obstetrícia, ou a pedidos aos centros de orientação de doentes urgentes (CODU) de reencaminhamento de utentes para outros hospitais.