Sobreviveu gata colocada no forno por criança

Sobreviveu gata colocada no forno por criança
Facebook
PUB

Felina sofreu queimaduras em 50% do corpo, mas recuperou e já tem uma nova família.

A gata, que foi posta no forno alegadamente por uma criança de três anos, sobreviveu e já encontrou uma nova família.

A felina, de seu nome Ariel, sofreu queimaduras em 50% do corpo, mas conseguiu recuperar.

Recorde-se que, em novembro, a dona da gata ligou a uma clínica veterinária em Barcelos, a perguntar se podiam abater o animal, porque a filha de três anos o havia colocado no forno há uma semana e não podia suportar os custos do tratamento.

A clínica contactou a SOS Bigodes, responsável pelo resgate da gata e que a tinha dada para adoção.

“Como é possível permitir que uma menina com 3 anos coloque a gatinha no forno ligado… Como uma mãe pode deixar isto acontecer… Como uma mãe deixa a segurança escapar-lhe assim das mãos?”, reagiu a associação nas redes sociais.

A SOS Bigodes apresentou queixa à GNR, alegando que “o problema não foi a suposta criança de três anos, mas sim a negligência de a terem deixado naquele estado durante uma semana, sozinha, numa garagem”.