fbpx
Select Page
Portugal

Suspeitos da Lourinhã em prisão preventiva

Os dois homens intercetados em Espanha foram extraditados e entregues à PJ na sexta-feira. Após interrogatório judicial, ficaram ambos em prisão preventiva.

9 Setembro, 2019 - 15:45

Carla Pereira Dias

Os suspeitos dos crimes cometidos contra tio e sobrinha no passado dia 25 de agosto no concelho da Lourinhã já foram extraditados para Portugal e entregues à Polícia Judiciária. Os dois homens, de 40 e 21 anos, tinham sido intercetados e detidos em Espanha pela Guardia Civil dois dias depois dos crimes.

Entretanto, já foram presentes a Juiz de Instrução Criminal onde ficaram a saber que iriam aguardar o desenrolar do processo judicial em prisão preventiva.

Recorde-se que no passado dia 25 de agosto, os suspeitos invadiram a residência das vítimas, exigiram dinheiro e objetos em ouro. Segundo a Polícia Judiciária, os criminosos eram conhecidos das vítimas. A sobrinha, uma mulher de 53 anos , foi brutalmente violada. Após o roubo, os suspeitos colocaram o homem na bagageira do carro e a sobrinha no banco traseiro da viatura, ambos de pés e mãos atados. Numa zona de pinhal, a dupla abandonou o corpo do homem, pensando que a vítima estaria morta. Alguns quilómetros depois fizeram o mesmo com a mulher, baleando a vítima na cabeça, também para lhe provocar a morte.

Ambas as vítimas continuam internadas e em recuperação das lesões graves no hospital.

Sob os dois homens recaem suspeitas da prática dos crimes de roubo agravado, homicídio na forma tentada, violação, sequestro, exposição ao abandono e detenção de arma proibida.

Reveja a reportagem do Fala Portugal aqui.

Fala Portugal – Tio e sobrinho atacados em roubo violento

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa