Suspeitos da morte de Jéssica são hoje ouvidos em tribunal

Jéssica morreu devido a uma dívida da mãe
D.R.

Os três suspeitos de homicídio da pequena Jéssica são ouvidos hoje no tribunal de Setúbal. O funeral da criança aconteceu de manhã. 

Os três suspeitos da morte de Jessica Biscaia vão ser ouvidos hoje, dia 24 de junho, durante a tarde. O encontro vai decorrer no tribunal de Setúbal, mas os suspeitos encontram-se desde cedo nas instalações da Polícia Judiciária de Setúbal.  

As duas mulheres de 52 anos e 27 anos, mãe e filha, e o homem de 58 anos, marido e pai, são os principais suspeitos do crime de homicídio qualificado, ofensas à integridade física grave, rapto e extorsão. 

A morte da criança ocorreu esta segunda-feira, depois de a mãe ter ido busca-la a casa da mulher de 52 anos suspeita de homicídio, que se identificou às autoridades como ama da criança. O ato criminal deveu-se ao facto da mãe da pequena Jéssica dever cerca de 400 euros.

De acordo com o que a mãe contava à família e ao companheiro, a menina de cinco anos encontrava-se numa colónia de férias. Mas, na verdade, a criança foi raptada por uma mulher, inicialmente dada como ama. Jéssica esteve durante cinco dias com essa mulher, tendo sido brutalmente agredida todo esse tempo. Quando chegou ao hospital a criança trazia várias evidências de maus-tratos, nomeadamente hematomas e vários cortes. 

A criança ainda foi sujeita a manobras de reanimação no hospital de São Bernardo, mas não sobreviveu. O funeral da menina de três anos aconteceu hoje, sexta-feira, em Setúbal.