Via Verde rejeita acusações de burla

Via Verde rejeita acusações de burla
PUB

Empresa acusada de enganar vários consumidores.

A Via Verde está a ser acusada de burla e de enganar vários consumidores por praticar um alegado esquema que envolve identificadores, avança o Diário de Notícias.

Em novembro, chegaram dezenas de reclamações ao Portal de Queixa.

De acordo com os clientes, a empresa solicita a substituição do identificador, alegando falhas, ainda que os aparelhos estejam a funcionar devidamente.

Os clientes queixam-se que a Via Verde “está a agir de má fé” e falam de “uma estratégia para o cliente aderir a uma nova modalidade de pagamento mensal ou anual sobre o equipamento”.

Por seu lado, a Via Verde “rejeita categoricamente qualquer acusação de burla, incompatível com os valores e a prática da marca” e refere que “tem sempre como objetivo garantir o melhor serviço aos seus clientes”.

Relativamente aos identificadores, a “Via Verde apenas contacta o cliente quando aparece uma luz amarela na passagem da portagem, indiciando um potencial problema. Se o problema for confirmado, o cliente pode subscrever um plano Via Verde ou, se assim preferir, comprar um identificador novo. A decisão final é sempre do cliente”.