Viola neta da companheira durante sete anos

Viola neta da companheira durante sete anos

Menina, que tinha uma deficiência incapacitante, era ameaçada para não denunciar os abusos.

Um homem, de 56 anos, foi detido, por suspeitas de centenas de crimes de abusos sexuais de crianças por ter violado repetidamente a neta da sua companheira, durante sete anos.

Os crimes ocorreram entre 2014, quando a menina tinha cinco anos, e setembro deste ano, no concelho de Lisboa.

A menor tem atualmente 12 anos.

“O abusador sexual, aproveitando o facto da criança ter uma deficiência física incapacitante para a molestar sexualmente, praticou os factos graves sob investigação na residência da família da criança e na sua própria residência, ao longo de cerca de 7 anos, para além de praticar, sobre a mesma, constantes atos de violência psicológica, mantendo a criança sujeita a um temor permanente para evitar a denúncia, ameaçando-a que seria institucionalizada, retirada da família e colocada num colégio interno”, pode ler-se no comunicado da Polícia Judiciária.

Depois de ser presente a primeiro interrogatório judicial, o agressor sexual ficou em prisão preventiva.