Que Pobres tão Ricos

segunda a sexta, 17:15

Uma história de amor, romance e diversão

‘Que Pobres tão Ricos’ é uma história de amor, romance, encontros e desencontros e um sem-número de divertidos enredos entre duas famílias que não têm nada em comum, mas que agora estão obrigadas a conviver na mesma casa. De um lado, os milionários Ruizpalacios e, do outro, os Mendonça, uma clássica família de bairro.

Tudo começou diante da incapacidade da avó, Matilde Ruizpalacios, estar à frente da empresa familiar. É neste contexto que o seu neto, Miguel Ângelo – a viver há onze anos em Londres – regressa ao México para a leitura de uma cláusula do testamento do seu avô Aureliano, que dita:

“Herdará o consórcio o primeiro dos meus netos que esteja formalmente casado e tenha um filho varão.”

É então que, sem pretender, Miguel Ângelo terá no seu primo, Alex, um ambicioso inimigo que o irá envolver numa fraude, que provocará a perda da sua fortuna e da sua família, além de todas as suas propriedades, ficando só com um terreno na colónia La Nopalera, onde, para sua surpresa, hoje vivem os Mendonça.

Jesus Mendonça é um ex-lutador apelidado de ‘O filho de Sumatra’, que há muitos anos conheceu Aureliano Ruizpalacios, a quem terá pago a propriedade. No entanto, após a morte do empresário, a dívida nunca foi saldada. Portanto, Jesus não tem as escrituras do terreno onde, além da sua casa, montou um modesto ginásio, e pensa em transformá-lo num restaurante mexicano com a ajuda dos seus filhos: José e Perla Ivette, assim como da sua filha mais velha Lupita, que tem um filho, Emiliano, que é a adoração do seu avô.

Pressionado e sem dinheiro, Miguel Ângelo Ruizpalacios irá viver na colónia La Nopalera acompanhado pela sua família: a mãe Ana Sofia, uma excêntrica dama da sociedade que faz eventos de beneficência, mas no fundo despreza as pessoas que não são da ‘sua classe’; além do seu irmão Leonardo, um clássico playboy com estudos de arte em Nova Iorque; e Frida, a sua irmã mais nova, uma jovem de aparente espírito social, mas muito apegada à sua vida de luxos e conforto.

O choque entre os hábitos e os costumes de cada família será inevitável.

É neste ambiente caótico e divertido que Lupita Mendonça e Miguel Ângelo Ruizpalacios irão ser os mediadores de cada família, mas vão acabar por apaixonar-se e, juntos, enfrentar as adversidades para defender os seus sentimentos e superar todos os obstáculos para descobrir o verdadeiro valor da vida.

Acompanhe ‘Que Pobres tão Ricos’!

Elenco

Vídeos

Skip to content