É um dos mais belos destinos de férias da Europa. Com uma vegetação exuberante, as paisagens da ilha da Madeira são mescladas pelos incríveis tons de azul de um mar de perder de vista. Um oásis verdejante rodeado pela imensidão atlântica, uma combinação capaz de cativar os gostos mais exigentes.

Para além das desabitadas ilhas Desertas e Selvagens, as ilhas da Madeira e do Porto Santo completam o território madeirense, que tem como capital a cidade do Funchal.

Este arquipélago oceânico convida a explorar os seus maravilhosos recantos, aproveitar o extenso areal de praia e mergulhar no azul inebriante do mar.

Por oferecer um diversificado leque de emoções, da praia à montanha, passando pelos seus vilarejos típicos, a Madeira foi eleita, em 2021, como o melhor ‘Destino Paradisíaco da Europa’, segundo os utilizadores do site European Best Destinations. Esta distinção junta-se a várias outras que a ‘pérola do Atlântico’ tem obtido ao longo dos últimos anos.

Atrações turísticas

As tradicionais Casas de Santana, com forma triangular e telhado revestido a colmo, destacam-se na paisagem e são presença habitual nos postais com fotografias da ilha.

Flor Estrelícia - Ilha da Madeira
Flor Estrelícia | © Raquel Carmo, Pixabay

Beleza exótica

Estrelícia é uma flor muito comum na Madeira. Exótica e bela, pode atingir metro e meio de altura. Orquídeas, proteias, antúrios e camélias são outras flores regionais.

 

Outro marco da Madeira é a vegetação frondosa e variada que se explica pelo clima subtropical e geografia irregular. De origem vulcânica, a ilha é muito montanhosa, com profundos vales incrustados entre os picos mais altos e falésias na maior extensão da costa, de cerca de 160 km.

A Laurissilva é uma floresta densa, com espécies e plantas trazidas pelos colonos, além de variedades tropicais cultivadas, como a famosa banana da Madeira e o maracujá. Esta maravilha da natureza foi classificada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade, em 1999.

Atividades lúdicas

A Madeira oferece um ótimo cenário natural e paisagístico, com diversas atividades para preencher os tempos de lazer. Do golfe à pesca desportiva, passando pelo mergulho e passeio de barco, muitas são as formas de ocupar o tempo.

Os carros de cesto são uma das maiores e mais típicas atrações da ilha. Proporcionam uma descida de dois quilómetros, plena de emoção, do Monte ao Livramento, no Funchal.

As caminhadas a pé em ‘veredas’ e ‘levadas’, que permitem aceder ao coração da ilha, são uma forma interessante de explorar o território.

História

O Porto Santo é outro ponto turístico para explorar os maravilhosos recantos e aproveitar o extenso areal da praia e o azul inebriante do mar.

Foi descoberto em 1418, pelos portugueses João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira. Consta que o nome foi dado pelos navegadores, que ali encontraram abrigo durante uma tempestade. Esta foi a primeira ilha do arquipélago da Madeira a ser colonizada.

A sua exploração ocorreu em 1419, tendo sido dividida em duas capitanias. Em 1425 iniciou-se a colonização e a cidade do Funchal tornou-se no principal núcleo populacional do arquipélago.

O pequeno burgo recebeu o nome de Funchal por estar localizado num vale formoso, de singular arvoredo e pejado de funcho até ao mar.

Ponta do Sol - Ilha da Madeira
Ponta do Sol | © Franky1st, Pixabay

Ilha da Madeira
O que comer?

Entre as muitas iguarias, deixamos-lhe algumas sugestões:

– Espetada em pau de loureiro feita com cubos de carne de vaca;
– Filete de peixe-espada com banana;
– Bolo do caco, um pão feito com farinha e batata-doce, com manteiga de alho;
– Lapas grelhadas;
– Queijada ou bolo de mel;
– Vinho da Madeira;
– Poncha tradicional.

Onde ficar?

A oferta de alojamento é bastante vasta. É possível optar entre a centenária hotelaria tradicional, a modernidade dos hotéis de cinco estrelas ou a hospitalidade das casas de turismo rural, que permitem um contacto estreito com a natureza.

Quando ir?

O clima é subtropical por ser seco e estável. As temperaturas médias oscilam entre os 25 graus no verão e os 17 graus no inverno, pelo que é um destino a visitar em qualquer época do ano.

O que ver?

A Festa da Flor, a Noite do Mercado (23 de dezembro) e a Noite de Fim de Ano são eventos marcantes na ilha da Madeira.

FONTE© Erik Karits, Pixabay