fbpx
Select Page

Ep. 319 – 24/05/2020

Câmera Record‘ revela o drama do homem que tem mais de 300 kg

Jorge está confinado dentro de casa, mas não é só por causa do novo coronavírus, já que faz parte do grupo de risco da covid-19.
Ele mantém-se em isolamento forçado há pelo menos cinco anos por outro motivo: a obesidade mórbida que o fez pesar mais de 300 kg.
Com a quarentena, ele e a família vivem agora ainda com mais restrições.
O ‘Câmera Record‘ conta como Jorge tem vivido nesta luta contra a balança, e como enfrenta o distanciamento social.

“Eu sinto que estou preso, mas a minha cabeça é muito boa. O meu trabalho, que é consertar telemóveis, ajuda-me muito, faz-me voar”, filosofa Jorge, aposentado por invalidez devido às limitações físicas.

Aos 30 anos, com 1,78 m de altura, o ex-estudante de Direito luta contra a balança desde menino.
Hoje, um dos homens mais obesos do Brasil, nem sequer tem noção do seu próprio peso.
“Acho que passei dos 300 kg, mas estou certo de que perdi peso no último mês”, acredita.

A pedido do ‘Câmera Record‘, ele ganha coragem e resolve tirar esta dúvida.
A pesagem acontece numa fábrica perto da casa dele.
Ao subir para a balança industrial, Jorge lê a palavra “sobre”, sinal de que está acima dos 300 kg.
Dececionado por não saber exatamente o seu peso, desabafa: “Esperava estar mais magro. Isto deixa-me em baixo, triste”.

Os repórteres decidem, então, levá-lo até um centro de reciclagem para uma segunda pesagem.
E Jorge fica surpreendido com seu próprio peso.

Por trás deste drama, há também segredos.
A mãe, dona Alzira, abre o jogo sobre o passado da família. “Não dá para dizer que Gilberto era um pai ‘ruim’, mas ele não era um pai amoroso”, revela, ao falar do ex-marido.
Segundo ela, ele era agressivo.
“Eu aceitava tudo… Ser vítima de violência doméstica não é vida para mulher nenhuma”, desabafa.

Câmera Record, domingo, dia 24, às 22:45.

Record TV Europa