fbpx
Select Page

Sete dias depois da ordem de despejo, os últimos moradores do prédio Coutinho voltaram a ter acesso aos bens essenciais.
Isto depois de uma providência cautelar interposta no Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga.

 

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa