IsraelNotíciasElenco em workshop de montaria

Elenco em workshop de montaria

-

Bruno Suzano, Caetano O’Maihlan e Daniel Blanco destacaram a importância do contato com os animais antes das gravações.

Nas últimas semanas, parte do elenco de Reis, a nova superprodução da Record TV, se reuniu para um workshop de montaria no Haras Verão Vermelho, localizado no bairro de Paciência, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Orientados pelo instrutor Marco Aurelio Verissimo, os atores, entre eles Bruno Suzano, Caetano O’Maihlan e Daniel Blanco, escolheram os cavalos que vão usar durante as gravações da trama e aprenderam movimentos básicos de montaria.

“Hoje o objetivo foi aclimatar os atores com os animais. Cada um deles montou em um determinado cavalo e esse cavalo que eles escolheram vai ser o cavalo deles ao longo da novela, por uma questão de envolvimento e costume. Primeiramente, buscamos dar a eles as habilidades básicas. Buscamos o subir, o descer e a postura para o personagem”, contou o instrutor.

O profissional ressaltou ainda a importância de os atores terem contato com os animais antes das gravações.

“O mais importante nisso é não pegar ninguém de surpresa — nem o animal nem o ator — para quando chegar no momento do “Gravando!” não existir nenhum contratempo. Esses cavalos são voltados para esse tipo de prática, animais tranquilos, dóceis e, inclusive, montados por crianças em recreação e cavaleiros que fazem provas. Eles são aclimatados ao set de gravação, que tem muito barulho, espadas e lutas”, explicou.

Alguns atores, que já tinham experiência com montaria, ajudaram outros colegas e se divertiram ao longo da atividade. É o caso de Bruno Suzano. Ele contou ter morado em um sítio quando criança e destacou a importância dos aprendizados para a construção de um personagem.

“Sempre tive essa relação. E a importância desse contato enquanto ator é ótimo, porque o cavalo acaba sendo o nosso companheiro de cena e ajuda a gente a contar essa história. Então, é fundamental. Meu cavalo se chama Caíque, gostei dele de cara! Tinha andado num outro, mas o Daniel Blanco se adaptou melhor a ele e, como eu já sabia andar a cavalo, experimentei outros e me adaptei ao Caíque”, disse.

Daniel Blanco também comentou a experiência com seu novo parceiro de cena, o cavalo Faraó.

“Era algo que estava na minha memória muscular, porque fazia muito tempo que eu não andava a cavalo. Cresci em Vargem Grande [na zona oeste do Rio]. Então, era um programa de final de semana da família. Acho uma delícia, por mais que dê um certo medinho. Então, foi muito bom me reconectar com esse animal incrível”, contou.

Artigos Relacionados

Tel Aviv
céu limpo
20.9 ° C
21.1 °
20.1 °
55 %
2.6kmh
0 %
Dom
21 °
Seg
23 °
Ter
22 °
Qua
21 °
Qui
22 °
Skip to content